Após ser banido do Oscar por 10 anos, Will Smith se pronuncia

Após ser banido do Oscar por um período de 10 anos, o ator Will Smith se pronunciou pela primeira vez sobre a punição pelo tapa que deu em Chris Rock durante a cerimônia do Oscar 2022.

Em nota, o ator afirmou apenas: “Eu aceito e respeito a decisão da Academia”.

Tudo isso é resposta ao incidente que ocorreu durante a cerimônia do Oscar 2022. Enquanto apresentava o vencedor da categoria de Melhor Documentário, o humorista Chris Rock fez uma piada sobre a calvície de Jada Pinkett Smith, esposa de Will Smith que sobre de alopecia, condição autoimune que causa a perda dos cabelos.

Então, Will Smith se levantou de seu lugar na plateia, subiu ao palco e desferiu um tapa no rosto de Rock. O ator já havia se pronunciado outras vezes após o ocorrido, inclusive na mesma noite, em seu discurso de aceitação do prêmio de Melhor Ator, o primeiro Oscar de sua carreira.

Leia mais! 

Bryan Cranston e Aaron Paul irão aparecer em “Better Call Saul”?Tom Hiddleston estrelará nova série de aventura do Apple TV+Ezra Miller: Warner Bros. nega reunião de emergência para tratar futuro do ator

Na ocasião, ele se desculpou à Academia. Posteriormente, Will Smith publicou um pedido de desculpas em seu Instagram, dessa vez incluindo Chris Rock no pedido. A Academia informou que estaria abrindo investigação formal e condenou a agressão. Na sequência, Will Smith voluntariamente abriu mão de sua vaga na Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Então, na tarde desta sexta-feira, chegou a decisão bastante severa da Academia de banir o ator por 10 anos e agora Will Smith aceita a punição. O ator vem sofrendo outras consequências do ocorrido, como congelamento de projetos, como filmes da Sony e Netflix.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Após ser banido do Oscar por 10 anos, Will Smith se pronuncia apareceu primeiro em Olhar Digital.

Deixe um comentário