Asteroide do tamanho de um piano de cauda atinge a Terra e destrói sistema internacional de medidas

Um asteroide do tamanho de um piano de cauda atingiu a Terra no último dia 11 de março. O asteroide era inofensivo para o nosso planeta, mas essa notícia, veiculada em vários portais de notícias de todo o mundo, acendeu uma importante discussão: precisamos urgentemente de um padrão internacional de medidas de asteroides!

Comparação do asteroide com um “piano de cauda” foi publicado em vários portais de todo o mundo. Créditos: Reprodução Internet

Em 15 de fevereiro de 2013, um asteroide do tamanho de um brontossauro e pesando mais de 80 baleias azuis, atingiu a Terra na região de Chelyabinsk, na Rússia. A rocha espacial atravessou a atmosfera numa velocidade 70 vezes superior à de cruzeiro de um avião comercial, e explodiu a cerca de 28 Burj Khalifa de altitude, com energia equivalente a 440 mil toneladas de dinamite.

Felizmente, em Chelyabinsk, os estragos não foram tão grandes e nenhuma morte foi registrada. Mas em 1908, uma área de floresta equivalente a 200 mil campos de futebol foi completamente devastada na Sibéria, pelo impacto de um asteroide do tamanho de 20 mamutes. A partir deste tamanho, esses objetos vindos do espaço costumam ser devastadores.

Assista na coluna no Olhar Digital News:

Se estas informações lhe pareceram meio confusas saiba que, ao fazer uma busca rápida na internet, encontramos asteroides dos mais variados tamanhos, desde uma geladeira, até o tamanho de 9 navios de cruzeiro. Existem também asteroides do tamanho do Empire State, da pirâmide de Gizé, ou de 3 Taj Mahal.

Esse tipo de equivalência para dimensionar estes corpos espaciais é, na verdade, um recurso utilizado para tentar dar uma ideia mais palpável do tamanho do objeto. A noção do quão grande é uma rocha de 15 metros fica mais clara quando comparamos com um prédio de 5 andares. Agora se o leitor está precisando pegar uma calculadora ou pesquisar quanto mede um piano de cauda, por exemplo, é porque tem algo muito errado nessa comparação.

O tamanho do Cometa C/2014 UN271 Bernardinelli-Bernstein, descoberto pelo brasileiro Pedro Bernadinelli ainda é alvo de estudo dos astrônomos, mas um portal de notícias neozelandês já cravou: o cometa tem o tamanho da Estrela da Morte! Aquela mesmo, do filme Star Wars.

Cometa C/2014 UN271 Bernardinelli-Bernstein comparado à Estrela da Morte. Créditos: Reprodução Internet

Agora, pergunte o tamanho da Estrela da Morte a um fã de Star Wars, e é bem provável que ele não saiba. Depois de uma pesquisa, você vai chegar ao valor de 120 km, e só então vai ter a ideia do quão grande é o Cometa Bernardinelli-Bernstein. Mas aí fica o questionamento: não seria mais fácil, para todo mundo, dizer logo que o cometa tem 120 km?

Esse tipo de comparação, para ser eficiente, precisa utilizar referências com as quais as pessoas estejam familiarizadas. Como o tamanho de uma lavadora de roupa, ou de um estádio de futebol.

Leia mais:

Um pequeno asteroide chegou à nossa atmosfera e a NASA sabiaImpacto de um único asteroide deixou mais de 30 crateras na TerraSaiba como a Terra é protegida de colisões de asteroides

Mesmo a comparação com objetos da paisagem pode não funcionar sempre. O Corcovado, por exemplo, apesar de nem todos os brasileiros conhecerem o Rio de Janeiro, estamos habituados a vê-lo na TV e temos uma boa ideia do seu tamanho. Já o Burj Khalifa, dificilmente será uma boa referência fora dos Emirados Árabes.

E você faz ideia da dimensão de uma rocha espacial do tamanho da Serra do Curral?

Tamanho do asteroide comparado à Serra do Curral. Créditos: Reprodução Internet

Pois é, agora , imaginem a dificuldade do leitor ao se deparar com a informação que o asteroide tinha o tamanho de metade de uma girafa macho adulta… Como é que se divide essa girafa??? Não dá…

Asteroide sendo comparado a metade do tamanho de uma girafa (esquerda) e meme gerado em função disso (direita). Créditos: Reprodução Internet (esquerda) e Capybaras for Bananas (esquerda)

Apesar dessas comparações parecerem meio cômicas, precisamos ter em mente que a melhor medida é a do bom senso. Na dúvida, usemos o Sistema Internacional de Unidades de Medidas, economizando o tempo, a calculadora e preservando a sanidade dos leitores.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Asteroide do tamanho de um piano de cauda atinge a Terra e destrói sistema internacional de medidas apareceu primeiro em Olhar Digital.

Deixe um comentário