GM apoia projeto para conservação do bioma do Pantanal

A General Motors (GM) está apoiando o projeto Felinos Pantaneiros, que tem como foco a conservação do bioma do Pantanal a partir do manejo de grandes felinos, como a onça-pintada, por exemplo. Os trabalhos visam a convivência harmoniosa entre o ambiente e as atividades econômicas na região.

Com direito a uma picape Chevrolet S10 Z71 devidamente adesivada com a cara do projeto, a GM está dando respaldo às atividades científicas e de educação ambiental executadas pelo Instituto Homem Pantaneiro (IHP). O veículo está sendo utilizado nas atividades de campo e possui dentre suas configurações 200 cv de potência, controle eletrônico de tração 4×4, 51 mfkg de torque e uma capacidade de carga de 1.200 kg.

Leia também:

Gasolina sintética gera tanta poluição quanto combustível convencional, aponta estudo BMW diz que não vai assinar compromisso por zero emissões até países mais pobres “fazerem seu trabalho” Ford usa plástico do oceano na produção do Bronco Sport

GM atuando em projetos de biodiversidade no Brasil

“A preservação dos biomas e sua biodiversidade é fundamental para o Brasil e para o planeta; e nós, enquanto uma grande companhia que atua na região, precisamos assumir essa responsabilidade e colaborar no sentido de cuidar não só da sociedade, mas também do meio ambiente em que estamos inseridos”, comenta a vice-presidente de Comunicação, Relações Governamentais e ESG, Marina Willisch.

A GM informa que já atua na preservação de biomas dentro e ao redor de suas fábricas, incluindo projetos de educação ambiental, mapeamento e conservação de espécies. Conforme traz a empresa, a maioria de suas operações está inserida em regiões de Mata Atlântica. “No entanto, o objetivo da companhia é ampliar esse leque de preservação no Brasil”.

Para termos uma ideia da condição delicada da biodiversidade no Bioma, a onça-pintada (uma das espécies mais expressivas do Pantanal) aparece como “Vulnerável” na Lista Nacional Oficial de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção (que pode ser vista aqui).

A GM promove 27 projetos de manutenção da biodiversidade no Brasil, incluindo o mapeamento de mais de 430 espécies. Todas as unidades da companhia no país possuem a certificação do Wildlife Habitat Council (WHC), que atesta a sustentabilidade das operações, o engajamento na realização de atividades de educação para conservação e o aprimoramento da biodiversidade nas propriedades corporativas.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post GM apoia projeto para conservação do bioma do Pantanal apareceu primeiro em Olhar Digital.

Deixe um comentário

Generated by Feedzy