Voluntários correm para tentar salvar arquivos digitais da Ucrânia

Um grupo de bibliotecários, arquivistas, historiadores e estudantes está correndo contra o tempo para ajudar a preservar a memória digital da Ucrânia. Uma reportagem do jornal The Washington Post contou a história dessa equipe de voluntários, que age para reduzir os danos causados pela invasão da Rússia ao país.

Desde o início do conflito, que começou no final de fevereiro deste ano, o grupo salva sites inteiros que podem ter as únicas cópias de uma série de documentos, produtos culturais e conteúdos hospedados e sobre a Ucrânia. Essas páginas estão bastante ameaçadas por uma série de riscos, desde ciberataques até a destruição de servidores por bombardeios.

Leia mais…

Deixe um comentário

Generated by Feedzy