Cinco sinais de demência e Alzheimer que você deve monitorar

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 50 milhões de pessoas no mundo sofrem de alguma forma de demência, sendo a principal delas a Doença de Alzheimer. A perspectiva atual é de que esse número salte para 78 milhões em 2030 e chegue a 139 milhões em 2050, com a idade da população ficando cada vez mais velha. Por isso, alguns sinais podem ajudar no diagnóstico do Alzheimer e outras formas de demência; confira alguns cientificamente comprovados.

Sinais de Alzheimer em estágio inicial

Dificuldade de falar

A fala é uma das formas mais básicas de comunicação. Dificuldade em pronunciar palavras pode ser um sinal de alerta. Um estudo do Rotman Research Institute mostrou que algumas áreas do cérebro responsável pela fala podem ser afetadas primeiro e dar sinais antes de qualquer outro sintoma de demência. “Perder a capacidade de comunicação é devastador e essa descoberta pode levar ao desenvolvimento de tratamentos ou intervenções direcionadas para manter essa capacidade e retardar a progressão da doença”, disse Claude Alain, cientista da universidade. 

Alterações de humor e personalidade 

Estudos recentes indicam que, antes de problemas com memória, mudanças bruscas de humor e personalidade sem um motivo claro podem ser sinais de Alzheimer e demência. “Atualmente, procuramos principalmente problemas de memória e outros problemas cognitivos para detectar a demência, mas as mudanças de personalidade podem ocorrer vários anos antes dos problemas cognitivos”, disse o pesquisador James Galvin.

Leia também!

Dia mundial do café: saiba quantas xícaras você pode tomar por diaBill Gates diz que quer criar “força-tarefa” para evitar futuras pandemiasMicro rôbos serão implantados no cérebro de humanos para tratar distúrbios

Apatia de depressão

Ainda nos sintomas que vão além da perda de memória, esse também está muito ligado ao comportamento. Indisposição, pouca vontade de realizar tarefas que antes eram consideradas agradáveis podem ser um sinal de alerta. “Os sintomas não cognitivos tornam-se bastante estressantes para os cuidadores. Ver mudanças na personalidade em relacionamentos importantes que podem ter sido anteriormente amorosos pode ser muito desafiador”, disse James M. Noble, do Centro Médico Irving da Universidade de Columbia.

Mudar a forma de andar

Pode parecer simples, mas andar de uma forma fora do comum pode ser um sinal de demência, segundo uma pesquisa da Universidade de Newcastle, no Reino Unido. . “A maneira como andamos pode refletir mudanças no pensamento e na memória que destacam problemas em nosso cérebro, como a demência”, explica a pesquisadora Ríona McArdle.

Falhar em testes simples de memória

Um dos sinais de demência pode ser percebido por testes de memória. Uma pontuação muito baixa em níveis considerados fáceis pode ser preocupante. Isso foi indicado em uma pesquisa do Albert Einstein College of Medicine, de Nova York. “Isso pode ser útil para determinar quem deve se inscrever em ensaios clínicos para prevenção do declínio cognitivo. Também pode ajudar a restringir aqueles que já têm sinais de Alzheimer no cérebro com um teste simples, em vez de exames caros e invasivos ou punções lombares”, disse Ellen Grober, um dos autores do estudo.

Via Eat This, Not That

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Cinco sinais de demência e Alzheimer que você deve monitorar apareceu primeiro em Olhar Digital.

Deixe um comentário

Direitos autorais © 2022 AkiBomba. Todos os Direitos Reservados.