Indiana de scooters Ola Electric investindo e avançando nos planos de produção de carros elétricos

A indiana Ola Electric, muito conhecida pelas suas scooters elétricas, deverá estrear nas ruas do Reino Unido até 2025, tendo também em seus planos a produção de carros elétricos. Junto a uma versão premium de sua pequena motocicleta S1, a empresa vai oferecer outros veículos acessíveis nos próximos três anos, tanto no Reino Unido quanto em outros mercados globalmente.

Ao longo prazo, a Ola Electric tem como plano vários carros elétricos, desde aqueles que “abordam cenários urbanos de uso” até outros dotados de maior alcance (de direção) e maiores capacidades. Estas são as declarações do chefe de design da startup indiana Wayne Burgess.

Leia também:

Ola tem a moto elétrica mais pré-reservada do mundo: 100 mil em apenas 24 horas Ola demonstra suas super scooters elétricas com o próprio CEO Scooters elétricas que carregam 100% de bateria em 5 minutos?

Passagem pela Jaguar

No histórico do designer britânico, há um cargo na Jaguar – em carros como o F-Type e o XF. Burgess está liderando os designers da Ola tanto em sua sede na cidade indiana de Bangalore, quanto no centro técnico no distrito metropolitano de Coventry, no Reino Unido, inaugurado em janeiro deste ano.

A Ola Electric também vem aumentando seus investimentos em P&D em química e fabricação de células avançadas, bem como em tecnologias de baterias de ponta e novos sistemas de energia. Recentemente, anunciou um investimento de £ 100 milhões (mais de R$ 616 milhões em valores convertidos) nos próximos cinco anos para estabelecer a Ola Futurefoundry, seu centro global de engenharia avançada e design de veículos na nação europeia.

E é nessa instalação em que a startup indiana trabalhará sua futura linha de veículos elétricos, incluindo de duas e de quatro rodas. Mais de 200 designers e engenheiros automotivos deverão estar atuando no local.

Segredo da Ola?

O chefe de marketing Varun Dubey disse que “há três coisas que um produto Ola deve ter: o melhor design em sua categoria, a melhor tecnologia – por exemplo, o S1 vem com controle de cruzeiro – e o melhor desempenho”. Durbey reforça os planos da empresa, dizendo que a visão da Ola é ser uma empresa global de veículos elétricos “e nossas ambições de tempo são rápidas”.

A Ola construirá carros em um local diferente de sua fábrica de scooters, onde sua primeira unidade foi construída apenas 10 meses após a aquisição do terreno. Mas sobre a produção do primeiro veículo de quatro rodas da empresa, ainda há muito pouco informado. Inclusive sobre a aparência do carro. Praticamente, a única imagem (ou previsão de aparência do modelo) vem de um tuíte do cofundador da Ola Electric Bhavish Aggarwal em janeiro.

Can you guys keep a secret? pic.twitter.com/8I9NMe2eLJ

— Bhavish Aggarwal (@bhash) January 25, 2022

Sobre o que motivou Wayne Burgess a se unir à startup indiana, o designer explica que “toda a relação com as soluções de mobilidade está mudando, e uma das coisas que me atraiu na Ola é que ela já tem esse ecossistema baseado em aplicativos. Você pode pegar carona, pode pedir comida [na Índia]”.

“Pode parecer incomum para um projetista de carros dizer, mas o dispositivo de transporte real desceu na escala de prioridade. Em vez disso, trata-se da maneira como você se envolve com o ecossistema, a experiência do usuário. Essa é a nossa vantagem competitiva, pois é de onde viemos”, completa.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Via Autocar

O post Indiana de scooters Ola Electric investindo e avançando nos planos de produção de carros elétricos apareceu primeiro em Olhar Digital.

Deixe um comentário

Direitos autorais © 2022 AkiBomba. Todos os Direitos Reservados.