Lesões graves aumentam 15% nos armazéns da Amazon

A probabilidade de um funcionário se machucar durante o trabalho em um acidente num dos galpões da Amazon aumentou depois que a companhia se comprometeu a se tornar o “lugar mais seguro do mundo para trabalhar“. As lesões graves nos armazéns subiram 15% de 2020 para 2021.

De acordo com um relatório da coalizão sindical Strategic Organizing Center, publicado nesta terça-feira (12), a companhia fundada pelo bilionário Jeff Bezos emprega um terço dos trabalhadores de armazéns dos Estados Unidos. Mas, também é responsável por metade dos acidentes de trabalho. Assim, reduzir a taxa de lesões é parte fundamental das campanhas de organização sindical.

Leia mais:

Amazon é investigada por supostamente usar dados de vendedores para criar produtosAmazon investe bilhões em mais de 80 lançamentos de satélites de internet banda largaTrabalhadores da Amazon estabelecem regras para negociação de novos termos de trabalho

O relatório se baseia em dados federais de lesões. Em 2021, a Amazon afirma ter gastado US$ 300 milhões em segurança, como parte da promessa de ser o “lugar mais seguro o mundo para trabalhar”. Mesmo assim, funcionários da empresa tendem a sofrer quase o dobro de acidentes em relação aos galpões de outras empresas.

Os centros automatizados da Amazon contabilizam mais acidentes de trabalho. Imagem: Shutterstock

Quando o assunto é lesão grave, o aumento foi de 30% nos novos armazéns automatizados, em comparação com as instalações sem a tecnologia. Nesses lugares, os trabalhadores acompanham os robôs, que dificilmente desaceleram ou param. Ao Business Insider, a Amazon não respondeu sobre as questões.

Anteriormente, a empresa afirmou que pretende reduzir os acidentes de trabalho pela metade até 2025. Mas, a empresa rejeitou a conclusão dos reguladores, que pede que os funcionários reduzam o ritmo, trabalhando mais lentamente.

Via: Business Insider

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Lesões graves aumentam 15% nos armazéns da Amazon apareceu primeiro em Olhar Digital.

Deixe um comentário

Direitos autorais © 2022 AkiBomba. Todos os Direitos Reservados.