LinkedIn altera regra de anúncio de vagas após notificação do Procon-SP

Após dar explicações ao Procon-SP sobre a retirada de uma vaga de emprego para negros e indígenas da plataforma, o LinkedIn anunciou uma mudança em sua política interna nesta quarta-feira (30).

A rede social vai passar a aceitar a divulgação de anúncios de emprego que demonstram preferência por certas características, como idade, gênero, raça ou etnia, por exemplo.

“No Brasil, agora são permitidas vagas afirmativas, inclusive para pessoas negras e indígenas”, diz o comunicado da empresa.

Entenda o caso

LinkedIn vai passar a aceitar a divulgação de anúncios de emprego que demonstram preferência por características, como idade, gênero, raça ou etnia. Imagem: IB Photography/Shutterstock

Na semana passada, como mencionado antes, o LinkedIn tirou do ar um anúncio de uma vaga com preferência para candidatos negros e indígenas.

Em sua defesa, a empresa declarou que as vagas de emprego não devem especificar “preferências ou requisitos relacionados a características individuais”.

Leia mais:

LinkedIn divulga lista com as 25 profissões em alta em 2022O Que é LinkedIn: Confira o Guia Completo Sobre a Plataforma!Procon-SP notifica LinkedIn após vaga para negros e indígenas sumir da rede social

A rede social anunciou que mudou o seu posicionamento motivada pelos questionamentos recebidos de órgãos públicos e usuários brasileiros.

“Atualizamos nossa política global de anúncios de vagas para permitir a divulgação de publicações que expressam preferência por profissionais de grupos historicamente desfavorecidos na contratação em países onde esta prática é considerada legal”, diz o LinkedIn.

“No Brasil, agora são permitidas vagas afirmativas, inclusive para pessoas negras e indígenas. Agradecemos o feedback que recebemos da nossa comunidade no Brasil. Fazer a coisa certa é importante e estamos comprometidos em continuar aprendendo e melhorando”, acrescenta o comunicado da empresa.

Outras empresas apoiaram a decisão

Gigantes como a Magazine Luiza, o banco digital NuBank e o Ifood apoiaram a novidade: “Recebemos com muita satisfação o posicionamento do LinkedIn sobre a atualização de sua política global de anúncios de empregos”.

A Natura também comemorou a decisão em nota divulgada pelo LinkedIn: “Em um mundo ainda profundamente marcado pela injustiça social, é dessa sensibilidade e coragem que precisamos para efetivar as transformações necessárias que ampliem o acesso de populações historicamente excluídas do mercado de trabalho”.

Via: Agência Brasil

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post LinkedIn altera regra de anúncio de vagas após notificação do Procon-SP apareceu primeiro em Olhar Digital.

Deixe um comentário