Mudança do nome do game FIFA apresenta riscos para a EA; entenda

Com os rumores de que a EA pretende trocar o nome do game FIFA para EA Sports FC, analistas avaliam os riscos da mudança.

Os rumores da mudança de nome para EA Sports Football Club, ou EA Sports FC, partiram do jornalista Jeff Grubb, que confirmou a mudança em seu podcast, Grubbsnax. “Eles estão prontos para seguir em frente, eles tem outro nome alinhado. Nós devemos ouvir sobre isso muito em breve,” afirmou ele.

Apesar da mudança no horizonte, o lançamento deste ano ainda se chamará FIFA 23, visto que a licença da EA com a entidade do futebol dura até o final deste ano. Os primeiros rumores de que a EA poderia mudar o nome do game de futebol mais famoso do mundo surgiram em outubro do ano passado.

Um dos motivos seria o valor pedido pela FIFA para renovar a licença com a companhia de games: US$ 1 bilhão a cada ciclo de quatro anos. Além disso, a EA teria percebido que o nome gerava certas amarras contratuais ao jogo, como a possibilidade de criar modos diferentes dentro do game, restringidos pela FIFA.

Então, a Eletronic Arts está seguindo com seus planos para a mudança do nome do game e a escolha parece que será pelo nome EA Sports FC. Com uma mudança tão significativa em um dos jogos mais populares do mundo, fica a dúvida sobre o tamanho do impacto que será causado.

Conversando com o GamesIndustry.biz, o chefe de pesquisa em games do Ampere Analysis, Piers Harding-Rolls, avaliou a mudança. “Largar a marca FIFA apresenta alguns riscos comerciais, mas também abre oportunidades para a EA,” afirmou ele.

Segundo o analista, o maior risco é o reconhecimento de marca e a perda da associação com a marca FIFA “provavelmente prejudicará as vendas por um período limitado”. O motivo disso seria a confusão causada pela mudança de marca.

“No entanto, espero que a EA desvie parte de sua economia com as licenças para gastar muito no aumento do perfil de sua nova marca e se apoie fortemente em seus parceiros da indústria do futebol para aumentar o reconhecimento. O jogo da EA está tão arraigado que espero que muitos consumidores sigam com a nova versão do jogo com pouca dificuldade,” avaliou Harding-Rolls.

Outro grande risco, segundo o analista, é que outro game de futebol pague a FIFA por uma licença para usar o nome, o que causaria uma grande confusão em termos de marca. “Isso é um território um pouco desconhecido. A EA vai querer estabelecer sua nova marca o mais rápido possível para reduzir o risco disso acontecer.”

Apesar desse risco ser considerável, não está muito claro quem poderia apresentar este risco à EA. A maior rival da EA quando se trata do jogo de futebol é a Konami, com o Pro Evolution Soccer, ou PES, mas o jogo acaba de passar por um processo de reformulação e agora trata-se de um game anual online free to play chamado eFootball, cujo lançamento foi um fiasco.

Leia mais!

Xbox responde ao lançamento do novo PS Plus da Sony com indireta no TwitterEpic enfrenta mais um processo por dança no Fortnite; entendaRed Canids inaugura novo Gaming Office em São Paulo; confira detalhes

Por outro lado, a Take-Two adquiriu a desenvolvedora Nordeus, responsável do game de futebol Top Eleven, por US$ 378 milhões, e parece motivada a entrar com tudo no mercado de games de futebol.

Mas nem tudo são riscos para a EA e existem também benefícios na mudança. “A remoção da licença da FIFA, embora remova alguma legitimidade oficial do jogo, dá à EA melhor flexibilidade para inovar dentro do jogo e em áreas como esports. Em essência, essa mudança dá à EA uma boa oportunidade de continuar aumentando a receita derivada do jogo no futuro.”

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Mudança do nome do game FIFA apresenta riscos para a EA; entenda apareceu primeiro em Olhar Digital.

Deixe um comentário

Direitos autorais © 2022 AkiBomba. Todos os Direitos Reservados.