Uso de cigarros eletrônicos altera o estado inflamatório dos órgãos, diz estudo

Pesquisa realizada pela Escola de Medicina da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, apontou que o uso de cigarros eletrônicos pode alterar o estado inflamatório de órgãos essenciais, como cérebro, coração e pulmões.  

De acordo com os pesquisadores, está alteração acontece no uso de cigarros eletrônicos à base de cápsula e os efeitos variam com o sabor do dispositivo. Este fato pode influenciar no modo como os órgãos reagem à infecção por Covid-19, por exemplo.

Leia também!

Brasil não recebeu chocolates Kinder contaminados por salmonella, diz AnvisaDia mundial do café: saiba quantas xícaras você pode tomar por diaBill Gates diz que quer criar “força-tarefa” para evitar futuras pandemias

“Esses cigarros eletrônicos baseados em cápsulas só se tornaram populares nos últimos cinco anos, então não sabemos muito sobre seus efeitos a longo prazo na saúde”, ressaltou a autora sênior do estudo, Laura Crotty Alexander.  

Os pesquisadores selecionaram os cigarros eletrônicos da marca JUUL nos sabores de manga e menta, os mais populares no EUA. O estudo então expôs camundongos a esses dispositivos três vezes por dia, durante três meses.  

Os cientistas notaram uma alteração nos marcadores de inflamação dos órgãos dos camundongos testados. Uma das principais mudanças aconteceu em uma região do cérebro que é associada à ansiedade, depressão e comportamentos viciantes.  

Uso de cigarros eletrônicos altera o estado inflamatório dos órgãos, diz estudo. Crédito: Amani A/Shutterstock

“Muitos usuários do JUUL são adolescentes ou jovens adultos cujos cérebros ainda estão em desenvolvimento, então é muito assustador saber o que pode estar acontecendo em seus cérebros, considerando como isso pode afetar sua saúde mental e comportamento no futuro”, disse Alexander.  

Ao comparar os sabores, os pesquisadores disseram que aqueles camundongos que inalaram o sabor de menta ficaram mais sensíveis aos efeitos da pneumonia bacteriana. “Isso nos mostra que os próprios produtos químicos de sabor também estão causando alterações patológicas. Se alguém que usa frequentemente cigarros eletrônicos JUUL com sabor de mentol estiver infectado com Covid-19, é possível que seu corpo responda de maneira diferente à infecção.”

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Uso de cigarros eletrônicos altera o estado inflamatório dos órgãos, diz estudo apareceu primeiro em Olhar Digital.

Deixe um comentário

Direitos autorais © 2022 AkiBomba. Todos os Direitos Reservados.